PLANO DE MARKETING: FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA O CUMPRIMENTO DA MISSÃO DE NEGÓCIOS DO ETT UFPR

03/11/2009

Projeto em discussão

_______________________________________________

(2009, Informação e Marketing, 3º semestre de graduação)

_______________________________________________

Escopo

Plano estratégico para viabilizar o cumprimento da missão de negócios do Escritório de Transferência de Tecnologia (ETT) da UFPR, criando canais de comunicação de marca e insumos para agregar valor aos serviços prestados pelo ETT.

Premissas

O ETT não atinge todo seu potencial de clientes e, quando atinge, não acompanha o andamento das parcerias, realizando apenas o contato inicial entre empresas e a Universidade. Sua missão e objetivos de negócio possibilitam uma atuação além desse simples contato, onde um planejamento, explícito, de marketing, é ideal para reverter tal realidade.

O ETT possui potencial para incrementar suas campanhas de comunicação de marketing e de transferência de tecnologia. Inerentes a esse potencial são as tendências, necessidades e crescimento de mercado.

Métodos

O plano estratégico foi elaborado a partir de contato com o Escritório, para identificação da realidade de sua atuação e brainstorm inicial sobre o produto do projeto.

Analisou-se o mercado, concorrência, oportunidades e ameaças da atuação do ETT, bem como forças e fraquezas internas, canais de comunicação, serviços, mix de marketing e distribuição.

Produto: plano estratégico

O plano estratégico de marketing criado para o ETT aborda a comunicação do serviço prestado, lembrando clientes atuais, anteriores e potenciais de sua existência. Planejou-se que a resposta do mercado-alvo seria obtida na seguinte linha de progressão:

| conscientização da marca

| conhecimento sobre algo em relação à marca

| opinião sobre a marca

| satisfação e percepção da qualidade da marca

Foram planejados um sistema de informação para apoio à execução do plano e controles de planos de ação, mudança de cultura do serviço e orçamento a ser investido para implementação.

Reflexão e considerações

Hoje o ETT é parte da Agência de Inovação Tecnológica da UFPR, em cujo âmbito o plano desenvolvido está sendo analisado para implantação. O planejamento estratégico oferece às organizações maior certeza quando da tomada de decisão e mostrou-se essencial para que o ETT pudesse ter um posicionamento mais efetivo em seu mercado e comunicar adequadamente a marca da Universidade a empresas parceiras em potencial.

Dados gerais

Orientação: Prof. Dr. Newton Corrêa de Castilho Jr

Equipe*: Ana Carolina Greef; Camila Manfrinatto; Florindo Rhaoni Picoli; Francisco Daniel de Oliveira Costa.

*os autores estão cientes e de acordo com a puublicação deste conteúdo

Mais…

Deixe comentários sobre o conteúdo (link abaixo)

Para obter o texto completo: ac.greef@gmail.com

____________________________________________________________

Anúncios

PROJETO DE BANCO DE DADOS PARA REGISTRO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E GESTÃO DA INFORMAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

25/10/2009

________________________________________

(2009, Banco de Dados, 5º semestre de graduação)

________________________________________

OrientaçãoProf. Dr. Egon Walter Wildauer

Escopo

Desenvolver projeto de banco de dados para controle de registros sobre trabalhos de conclusão de curso desenvolvidos no curso de graduação em Gestão da Informação, ministrado no âmbito do Departamento de Ciência e Gestão da Informação, da Universidade Federal do Paraná.

Premissas

A informação é recurso que, devido a seu caráter intangível, tem alto valor competitivo e deve ser gerenciada visando a agregação de valor à organização em questão. O produto pretende alinhar-se às necessidades da organização em questão para diminuir custos operacionais e disponibilizar informações organizadas a docentes, discentes e pesquisadores.

Método

Elaborou-se o modelo conceitual do banco de dados, a partir de entrevista com a chefia do Departamento em questão, originando as entidades e relacionamentos do protótipo, cujo modelo de tabelas foi desenhado a seguir. A partir do modelo, foi construído o Diagrama Entidade-Relacionamento e desenvolvido o protótipo de banco de dados com consulta via Web, a ser apresentado aos usuários.

Produto: banco de dados com consulta via Web

O modelo entidade-relacionamento apresentado abaixo representa a estrutura do banco de dados desenvolvido e posteriormente apresentado aos usuários. A proposta permanece em discussão por parte do Departamento e aguarda implementação efetiva.

Modelo entidade-relacionamento

Dados gerais

Orientação: Prof. Dr. Egon Walter Wildauer

Mais…

Deixe comentários sobre o conteúdo (link abaixo)

Para obter o texto completo: ac.greef@gmail.com

___________________________________________________________


CONTRIBUIÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS ORGANIZACIONAIS

25/10/2009

Projeto implementado _______________________________________________

(2007, Sistemas de Informação,  2º semestre de graduação)

__________________________________________

    Escopo

    Organizar o acervo de material didático-pedagógico do Instituto Cultural Brasil Alemanha, de ensino da língua alemã, aprimorando os processos de manipulação desse material e de avaliação da rotatividade e demandas dos usuários (alunos e professores). Analisar, diante de tais variáveis, a aplicabilidade de um sistema de informação para melhor controle sobre o material supracitado.

    Premissas

    O crescente fluxo de informação nas organizações demanda otimização dos processos de seu gerenciamento, agregando assim maior competitividade às mesmas organizações. Sistemas de informação vêm oferecer suporte nesse sentido, reduzindo custos operacionais de manipulação de dados e disponibilizando ferramentas para tomada de decisão, como relatórios gerenciais.

    Métodos

    Junto aos usuários do futuro sistema na organização, identificou-se funções, estruturas e operações que esse deveria atender: gerar relatórios para prestação de contas, ser de fácil manipulação e atualização, oferecer praticidade, acessibilidade e segurança.

    A seguir, foram mapeados os fatores críticos de sucesso para adequação da ferramenta aos usuários e seleção do sistema ideal para implantação: um sistema de processamento de transações para controle operacional e informatização dos procedimentos de coleta/ digitalização, validação, armazenamento, indexação, consulta e geração de relatórios.

    Análise

    A melhor alternativa para o Instituto seria um sistema já estruturado, preferencialmente disponível gratuitamente à organização, uma vez que essa não tem fins lucrativos e dificilmente poderia adquirir uma solução paga ou desenvolver a sua própria.

    Analisou-se os processos organizacionais relativos ao sistema para confecção do Diagrama Entidade-Relacionamento, Fluxo de dados e de Identificação.

    Diagrama identificacao

    Diagrama identificacao

    Produto: identificação do sistema de informação ideal

    Selecionou-se um software freeware projetado para gestão de acervo em bibliotecas, com módulos de: empréstimo, reservas, verificação de pendências, multas, e emissão de histórico de documentos, movimento diário, entre outros; controle de usuários e documentos (relatórios, consultas e edição); consultas – busca por autor, título, código, assunto, série, entre outros; relatórios – listagens de documentos ordenados de diversas formas; estatística – dimensão do acervo e do banco de dados dos usuários.

    Implementação

    O software foi implementado no Instituto, juntamente com fatores críticos de sucesso para seu uso efetivo, sugeridos pela equipe: inserção na página Web do Instituto, backup periódico do conteúdo, análise de relatórios extraídos do sistema e adequação do acervo às constatações. Um tutorial foi elaborado para familiarização dos usuários com o novo sistema de informação. Atualmente o Instituto tem seu acervo controlado e gerenciado de maneira ótima e em conformidade com os processos de negócio.

    Dados gerais

    Orientação: Prof. Dr. Newton Corrêa de Castilho Junior

    Equipe*: Ana Carolina Greef; Camila Manfrinatto; Florindo Rhaoni Picoli; Francisco Daniel de Oliveira Costa

    * os demais autores têm plena ciência e acordo da publicação deste conteúdo

    Mais…

    Deixe comentários sobre o conteúdo (link abaixo)

    Para obter o texto completo: ac.greef@gmail.com

    ___________________________________________________________